Skip To Content
Prezados clientes, informamos que os serviços Track and Trace estarão indisponíveis em 14 de agosto de 2022, das 04:30 AM às 05:30 AM, devido a manutenção planejada. Por favor, aceite nossas desculpas por qualquer inconvêniencia. Para receber atualizações por e-mail ou SMS, assine nossos Alertas de Terminal.
Deslize à direita para Menu do Terminal Deslize à esquerda para Menu Global
radar-reflector

Colônia de Pescadores de Pecém recebe 106 refletores radar para Jangadeiros

Nesta terça-feira, 21, a APM Terminals Pecém realizou a doação de 106 refletores radar para a Colônia dos Pescadores Profissionais e Artesanais e Aquicultores da Associação de Pescadores de Pecém.

Os equipamentos são dispositivos que amplificam a identificação de uma embarcação pelo radar de outra. A instalação dos refletores, também chamados de defletores, proporciona muito mais segurança para as jangadas, que tornam-se mais visíveis pelas embarcações de maior porte. O produto não utiliza energia elétrica e não necessita de radar na embarcação para funcionamento.
 
A doação atende todos os jangadeiros da Colônia de Pecém. O modelo entregue aos jangadeiros é do tipo tubular, mais moderno e adaptável a jangada. Tão eficiente quanto o convencional, diminui o risco de colisões e danificações das redes, além de facilitar buscas e salvamento, em casos de emergência. A escolha do modelo se deu para garantir que os pescadores utilizem o material, uma vez que os modelos mais comuns, em geral, possuem três superfícies metálicas planas dispostas ortogonalmente, fixado ao estai da vela. Porém, alguns jangadeiros reclamam que esse tipo de refletor danifica a vela e desmotiva o uso durante a navegação. 

A iniciativa surgiu a partir de uma reunião de ESG na APM Terminals Pecém. André Magalhães, que na época trabalhava na empresa como gerente comercial, foi quem sugeriu a doação: “pensei nisso a partir do resgate de uma lembrança da minha experiência de piloto de navio navegando na Costa do Nordeste. Em más condições do tempo, como chuva ou neblina, ou mesmo à noite, é de grande importância para a segurança da navegação oferecer visibilidade ao radar das embarcações. Além disso, algumas jangadas são pintadas nas cores verde ou azul, cores predominantes no mar Nordestino, o que aumenta a dificuldade de visibilidade”, explica Magalhães. 

Daniel Rose, diretor superintendente da APM Terminals Pecém, afirma que o principal objetivo é trazer mais segurança às embarcações e estimular que os pescadores fiquem atentos à questão: “Sabemos que a grande maioria das jangadas não possui refletor radar, por outro lado, há diversas embarcações de grande porte que também navegam na região e esta convivência precisa ser segura para ambos. Por isso, entendemos que a doação trará um grande benefício à comunidade pesqueira, a qual admiramos e respeitamos muito. E quem sabe, consigamos fazer com que o uso do refletor se torne mais comum a cada dia”, reforça Rose. 

Já Marcelo Gomes Ferreira, Comandante do navio Monte Sarmiento, do armador Aliança Navegação, elogia a ação e reforça a importância do refletor: “as embarcações pequenas envolvidas na pesca, quando utilizam o defletor radar, melhoram a nitidez e aumentam o nosso alcance de visualizar as embarcações, melhorando assim a segurança da navegação para a vida de todos os que estão envolvidos nas atividades de pesca e nas atividades de transporte de carga, que é o caso dos navios. E parabenizamos a APMT pela iniciativa da doação, nesse intuito de valorizar, aprimorar e garantir a segurança de uma atividade que é extremamente importante, não só economicamente, como culturalmente também”, conclui o CMDT Ferreira.